2017, agora sabemos o que esperar

*Por Maurício Fernandes

Na faculdade eu tinha uns professores muito exigentes, que me obrigavam a ser muito esforçado em tudo para passar de ano. Havia também os professores legais, que eram amigões, sempre entendendo como a minha vida era dura. Esqueci destes. Mas os exigentes, os chatos, eu os evoco e reconheço seus ensinamentos sempre. Com você deve ser parecido.

2016 foi um ano chato e exigente. Mas daqui a algum tempo reconheceremos este momento como de profundo aprendizado e amadurecimento. Os ajustes que as pessoas, as empresas e o Brasil estão fazendo eram necessários. Precisamos viver em um mundo de verdade, com fundamentos e gestão especializada. E obviamente com honestidade e transparência. Nós merecemos isto. Nossas empresas também. O Brasil, nem se fala.

Em um cenário onde empresas buscaram redução de custo e mais agilidade, tecnologias como Cloud naturalmente estiveram no foco – do TI e das áreas de negócio. Embora muitas empresas não tenham conseguido atender ou entender a demanda, fico muito feliz de dividir com vocês que a Dedalus soube sim. Atingimos a meta audaciosa de crescer 50% em Reais mesmo com a desvalorização do dólar, com o qual crescemos mais de 60%. Neste momento nosso faturamento de 2016 está em R$ 71 milhões, mas vai aumentar até o final do ano. Não foi fácil atender mais de 2000 transações comerciais, 200 clientes novos, mais de 1000 clientes ativos, mais de 500 deploys. E além disso, manter nossa liderança como Cloud Services Broker, como líder em AWSOffice 365 e Azure. E tratar das carreiras de nossos colaboradores, da satisfação de clientes e tudo o mais. Mas deu muito certo.

Sabemos da nossa responsabilidade em continuar a ajudar o Brasil por meio da inovação tecnológica que podemos prover em 2017.

E com o desenvolvimento dos fatos, com a inevitável melhora de humor do mercado, sabemos que nossos clientes vão demandar algo mais. E estamos nos preparando para surpreender a todos com mais condições de ajudar neste momento. A estratégia é extrair mais para o negócio de cada empresa, facilitando cada um a entender melhor seu negócio e seus clientes por meio de tecnologia. Pode chamar isso de Transformação Digital.

2017 chegará bem. E isso só foi possível devido ao pragmatismo, foco e revisão de premissas que todos fizemos. Estaremos aqui para continuar a liderar este processo. Conte comigo e minha valorosa equipe para isso.

Boa leitura.

*Maurício Fernandes é presidente da Dedalus Prime

Posts mais lidos

Como minimizar a pegada de carbono em operações de TI

Explore como reduzir a pegada de carbono em operações de TI com práticas sustentáveis em cloud e eficiência energética. Saiba mais agora! A crescente digitalização das empresas trouxe consigo um desafio ambiental significativo: a pegada de carbono em operações de TI. Em uma era onde a eficiência operacional e a responsabilidade ambiental se entrelaçam, entender […]

Como alcançar a sustentabilidade corporativa com a nuvem?

Entenda como tomar decisões tecnológicas para contribuir para a sustentabilidade corporativa e como alcançar a ecoeficiência em nuvem. A sustentabilidade corporativa tornou-se um tema central no ambiente de negócios atual, refletindo uma mudança significativa na maneira como as empresas abordam seu impacto no mundo.  Esta mudança não é apenas uma resposta às crescentes demandas por […]

Dedalus é Rising Star no ISG Provider Lens™ 2023

Dedalus é Rising Star: descubra como em pouco tempo a Dedalus se destacou no estudo Oracle Cloud and Technology Ecosystem feito pelo ISG Provider Lens™ 2023. Os serviços Oracle Cloud desempenham um papel crucial no mercado de tecnologia, impulsionando as operações de negócios e a inovação tecnológica em diversas indústrias.  É neste contexto que o […]

Assine a Newsletter