Direct.One – a orquestração da automação de multicanais

Um dos grandes diferenciais que nos motivou a escolher a Microsoft é a velocidade em levar produtos e soluções para a plataforma Azure, além dos outros componentes e ferramentas ofertados em seu ambiente de nuvem

Direct.One + Microsoft Azure

Fernando Wosniak Steler é uma dessas pessoas que, após cinco minutos de conversa, se tem a certeza de estar frente a alguém com o empreendedorismo correndo nas veias. Antenado a tudo que acontece no mercado de Tecnologia da Informação, tem atenção especial para a computação em nuvem e aos novos conceitos de tecnologias como por exemplo FaaS, Big Data / Analytics, Blockchain, Inteligência Artificial, Internet das Coisas e Machine Learning.

Sua primeira experiência como empreendedor foi no início dos anos 2000, em plena “bolha da Internet”. Em 2008, como sócio de um negócio inovador, tinha o objetivo de trazer soluções práticas e reais para atender às demandas provenientes da discussão “Impressões em Papel x Informações Digitais”. Já na posição de responsável técnico e de operação do negócio, em 2012, Steler enveredou, de forma definitiva, no universo dos empreendedores e fundou a Direct.One. A companhia surgiu com a proposta de auxiliar às empresas na automação dos multicanais potenciais para disponibilização das informações até então entregues em papel aos clientes.

Com o apoio da Endeavor em aspectos como governança, gestão do negócio e de pessoas, encontros com mentores renomados, a entrada de um sócio investidor em 2015 e crescimentos anuais de receita na casa dos 40%, a empresa tem se destacado e se tornou referência em um mercado onde atuam concorrentes extremamente qualificados. Outro fator importante que favorece este cenário é a ousadia na busca de modelos e soluções novas. Para conhecer melhor essa história, a Atmosfera Dedalus conversou com Steler no ambiente despojado de trabalho da Direct.One

Atmosfera Dedalus – Por gentileza, nos fale um pouco mais dessa “Orquestração da automação de multicanais”.

Fernando Steler – Começando pela palavra final, “Multicanais”, vale esclarecer que, ao falar da disponibilização da “impressão” no formato digital, temos que ofertar essa facilidade em todos os formatos e meios digitais que estão sendo utilizados pelos clientes das empresas de cartão de crédito, seguradoras, serviços financeiros, etc. Ou seja, oferecemos a possibilidade de acesso a essas informações (em PDF ou no formato solicitado) via websites, aplicativos móveis e outros canais. Essa multicanalidade é uma realidade e atender a todos é uma necessidade constante das empresas na busca de aprimorar a experiência de uso dos seus clientes.

Atmosfera Dedalus – Automação nos parece autoexplicativa, já “Orquestração”…

Fernando Steler – Desde o início, definimos que fazer apenas a migração do papel para as mídias digitais não seria o nosso principal objetivo como provedor de serviços. Nossa proposta é atuar na inteligência do processo, recebendo os dados para transformá-los em informações que serão entregues aos clientes. Realizamos a automação dos processos para atender aos SLAs de “impressões digitais” de grandes volumes em espaços mínimos de tempo. Cada vez mais, inerirmos inteligência a esses processos e temos a orquestração provida pela Direct.One. Isso é a garantia de que as operações aconteçam dentro dos padrões e prazos acordados, sob administração da nossa equipe, liberando os clientes para cuidar da evolução dos seus negócios,

Atmosfera Dedalus – Falando de tecnologia, a Direct.One tem uma grande parceria com a Microsoft. Qual a importância dessa parceria na evolução da empresa?

Fernando Steler – Estamos com a Microsoft desde o começo da nossa empresa, por meio do Programa BizSpark nos dois anos iniciais e como participante do programa BizSpark Plus a partir de 2014. Essa iniciativa, além de nos garantir algum aporte financeiro, provê um excelente relacionamento técnico e comercial com a companhia. Nossa plataforma de trabalho é o Microsoft Azure. Já experimentamos a solução de Machine Learning e utilizamos outras ferramentas como, por exemplo, o Power BI. Um dos grandes diferenciais que nos motivou a escolher a Microsoft é a velocidade em levar produtos e soluções para a plataforma Azure, além dos outros componentes e ferramentas ofertados em seu ambiente de nuvem.

Atmosfera Dedalus – A Dedalus está com vocês nesse relacionamento junto à Microsoft?

Fernando Steler – Sim. Já tinha trabalhado com a Dedalus em outras organizações e quando fundamos a Direct.One compramos a solução Google Apps com eles. Atualmente, tratam da parte comercial do Azure, mas estamos em estudos para a aquisição de novos serviços, em especial Serviços Gerenciados. A presença da Dedalus nesse circuito livra nosso time de tarefas operacionais não pertinentes ao nosso negócio.

Atmosfera Dedalus – Por fim, gostaríamos de conhecer um pouco do que vocês vêm fazendo quando falamos de conceitos como FaaS, serverless e blockchain

Fernando Steler – Abstração é a palavra. Existe uma nova ordem no universo de tecnologia e talvez a mais chocante seja o desenvolvimento de aplicações em ambientes de nuvem nas plataformas denominadas Serverless. Não se enganem, apesar do significado da expressão, ainda não estamos falando de desenvolvimento sem a existência dos servidores virtuais na nuvem. É uma arquitetura que permite ao desenvolvedor se preocupar única e exclusivamente com o seu trabalho, deixando o gerenciamento da infraestrutura para o provedor contratado. Surge então o tema FaaS (Function as a Service) já que estamos falando de um desenvolvimento por eventos (ou funções) dentro da nova tendência de integração de inúmeros e pequenos módulos à solução final ou quase final, uma vez que software é um produto que sempre pode ser melhorado ou acrescido de novas funcionalidade.

Quanto ao blockchain, posso falar que temos casos de sucesso reais e diversas PoCs (provas de Conceito) em execução. Não há dúvida que a usabilidade do conceito para o desenvolvimento de aplicações é imensa, com total segurança e está prestes a revolucionar tudo o que temos até hoje.

Há que se abstrair dos modelos atuais para que possamos enxergar as infinitas possibilidades que essas e outras novidades nos proporcionarão, em um prazo bem mais curto que o previsto pela maioria das empresas.

Conteúdo publicado na edição 5 da revista Atmosfera Dedalus

Adote a nuvem no seu negócio também

Fale conosco agora
Ilustração de integração (IpaaS) em nuvem

Assine a Newsletter