Digitalização do varejo: o futuro do setor está na nuvem

A digitalização do varejo trouxe oportunidades de crescimento para o setor, especialmente quando se trata da adoção do cloud computing. Saiba mais neste conteúdo!

A digitalização do varejo tem sido uma tendência cada vez mais forte. Com a transformação digital e o avanço das tecnologias, os consumidores passaram a esperar uma experiência mais integrada e personalizada, tanto no ambiente físico quanto no digital. 

Nesse sentido, a busca por novas soluções que suprissem tanto as necessidades dos consumidores quanto dos varejistas ganhou mais forças, principalmente durante a pandemia do Covid-19. 

Se há alguns anos, as pessoas preferiam ir até as lojas e utilizavam a internet apenas para consulta, hoje, a jornada do comprador mudou completamente. Para alcançar cada vez mais resultados positivos e suprir as vontades dos clientes, os varejistas precisaram buscar novas soluções. Assim, a nuvem tornou-se uma grande aliada do setor.

Continue conosco para entender sobre a transformação digital no varejo, o futuro do setor e qual a relação com a tecnologia cloud computing!

E-book Serviços Gerenciados em Cloud - Horizontal

A evolução da jornada do consumidor

Para entender como a jornada do consumidor mudou e continua a mudar, precisamos olhar para o passado, mas não muito longe. Pense em como era o processo de compra 10 anos atrás. O mais comum era ir até uma loja física, escolher o produto, pagar e levar para casa, certo? 

Com o avanço da internet e de tecnologias digitais, esse processo mudou. A jornada do consumidor se estendeu para o ambiente digital e consumidores passaram a pesquisar produtos, comparar preços, comprar produtos com apenas um clique e até começaram a deixar a sua opinião sobre determinado serviço ou empresa.

Foi essa mudança na jornada do consumidor que exigiu que os varejistas adotassem novas estratégias para atender às expectativas dos consumidores. E a digitalização do varejo foi uma delas, uma vez que permitiu que empresas varejistas oferecessem uma experiência mais integrada e personalizada em todos os canais de venda, principalmente no ambiente de comércio eletrônico.

A digitalização do varejo

 

o uso da tecnologia para a digitalização do varejo

Quando a internet passou a ganhar mais espaço no varejo, empresas começaram a investir em lojas virtuais. Lojas virtuais surgiram a fim de acompanhar a nova jornada do comprador e, com isso, varejistas precisaram utilizar tecnologias digitais para melhorar e transformar a experiência de compra dos consumidores. 

Isso inclui a utilização de dispositivos móveis, redes sociais, inteligência artificial e outras tecnologias para criar novas formas de engajamento com os clientes, aumentar a eficiência do processo de vendas e melhorar a tomada de decisões por parte dos varejistas.

Essas tecnologias também permitiram aos varejistas a possibilidade de oferecer experiências personalizadas de compras, recomendações de produtos baseadas em dados e análises de comportamento do consumidor, além de gerenciar o estoque e o atendimento ao cliente de maneira mais eficiente.

Mas, os benefícios também se estenderam aos clientes por fornecerem acesso a informações sobre produtos e serviços de forma mais rápida e fácil, além de uma experiência de compra online com mais praticidade e segurança.

A digitalização do varejo ainda é uma tendência que está transformando o setor em todo o mundo, proporcionando novas oportunidades de crescimento e uma experiência de compra mais conveniente e agradável para os consumidores. Ou seja, vantagens para os dois lados.

Leia também: Cloud computing e experiência do usuário: Qual a relação?

A busca por novas soluções e modelos de negócios

Com a chegada da pandemia da Covid-19, o varejo online sofreu grandes impactos. Enquanto as lojas físicas se viram obrigadas a fecharem suas portas, algumas empresas viram a oportunidade de crescerem no mundo digital. Com isso, a pandemia acelerou a transformação digital no varejo.


Varejistas passaram a investir em tecnologias como inteligência artificial, realidade aumentada e inteligência de dados para ganhar mais eficiência e aumentar a lucratividade. Ora, o mundo estava em isolamento e para muitos a única maneira de comprar era através da internet. 

Com isso, novos modelos de negócios foram surgindo para se igualar e aumentar a margem competitiva do negócio, bem como alcançar novos clientes, como os negócios baseados em plataformas digitais. 

Esses modelos permitem que as empresas ofereçam uma ampla gama de serviços e produtos aos seus clientes, ao mesmo tempo em que fornecem dados valiosos sobre seus comportamentos e preferências.

Entretanto, o varejo se viu com outro problema: a gestão do ambiente de comércio eletrônico e/ou plataformas digitais. 

Agora, o foco passou a ser a administração do comércio digital de forma plena, uma vez que os números de usuários cresceram, assim como o número de pedidos e vendas. 

Foi preciso adotar tecnologias que auxiliassem em todas as áreas, desde a gestão de estoque até o armazenamento de dados de clientes.

Assim, o cloud computing ganhou destaque como uma solução fundamental para o pleno funcionamento do ambiente online de varejistas. 

Leia também: Desvendando 6 mitos sobre a migração para a nuvem

A nuvem e o pleno funcionamento do ambiente de comércio eletrônico

Com a digitalização do varejo, a maioria das empresas varejistas dependem de uma infraestrutura de TI robusta e escalável para gerenciar o ambiente de comércio eletrônico e suas operações online, como o armazenamento de dados, o processamento de transações e a gestão de inventário. 

E a nuvem é a solução ideal para isso, pois oferece uma forma escalável e flexível de gerenciar esses dados, permitindo que os varejistas se adaptem rapidamente às demandas do mercado.

Escalabilidade

Uma das principais vantagens da utilização da nuvem no comércio eletrônico é a escalabilidade. A capacidade de processamento e armazenamento pode ser facilmente aumentada ou diminuída de acordo com a demanda, permitindo que as empresas se adaptem rapidamente às flutuações de tráfego e vendas. 

Isso significa que, mesmo em períodos de pico, como o Natal ou a Black Friday, os problemas de lentidão ou de falta de capacidade para atender os clientes serão mitigados no ambiente de comércio eletrônico.

Segurança

Quando se trata de segurança no ambiente de comércio eletrônico hospedado na nuvem, há várias considerações importantes a serem levadas em conta. Uma das principais preocupações por parte dos varejistas é a segurança dos dados dos clientes, incluindo informações de pagamento, endereços e informações pessoais.

Mas, o que é preciso entender é que a nuvem pode oferecer vários recursos e serviços de segurança para ajudar a proteger ambientes de comércio eletrônico. Por exemplo:

  • Certificações de segurança;
  • Criptografia;
  • Proteção contra ataques DDoS;
  • Monitoramento de segurança;
  • Gerenciamento de identidade e acesso;
  • Backup e recuperação de desastres.

Em resumo, a nuvem vai muito mais além da proteção de informações sensíveis de clientes. Ela não só permite que as empresas armazenem e processem dados de forma segura, mas oferece proteção contra ataques cibernéticos, redução do risco de perda de dados, detecção de fraudes, além de ajudar as empresas varejistas a terem mais proteção nas transações comerciais online.

Integração

Em um ambiente online, é comum que diferentes áreas da empresa precisem acessar os dados e trabalhar juntas para garantir o pleno funcionamento das operações.

Com a nuvem, é possível que essas equipes acessem as mesmas informações e trabalhem de forma integrada, sem precisar lidar com a complexidade de integrar sistemas diferentes.

Flexibilidade

A nuvem oferece flexibilidade para adaptar a infraestrutura de acordo com as necessidades do comércio eletrônico. 

É possível adicionar ou remover recursos de computação, armazenamento e rede, bem como aumentar ou diminuir o número de usuários, de acordo com as mudanças de demanda.

Leia também: Nuvem para varejo: Por que migrar a sua empresa para uma?

Gestão de recursos financeiros 

Ao contar com uma empresa especializada em serviços de nuvem, como a Dedalus, empresas varejistas conseguem gerenciar de forma mais eficiente seus recursos financeiros. Isso porque com escalabilidade, flexibilidade e segurança, é possível se concentrar em expandir seus negócios.

Além disso, é possível contratar serviços sob demanda, ou seja, paga apenas o que usar. Isso permite uma gestão de custos fixos e uma maior flexibilidade para adaptar os gastos de acordo com a demanda.

A Dedalus apoia o setor varejista

Somos pioneiros em cloud computing e apoiamos a jornada na nuvem não só através de serviços que fazem o uso pleno de tecnologias emergentes, como também na estruturação de um plano de transformação digital para negócios do varejo. 

Vamos além da nuvem e do suporte técnico oferecido pelo mercado, pois contamos com profissionais especializados e a competência MSP (Managed Service Provider) auditada e reconhecida por nossos parceiros Microsoft e AWS.

Por sermos ainda uma empresa multicloud, trabalhamos com diversas tecnologias de nuvem e traçamos o melhor plano para o seu negócio, de acordo com as suas necessidades e objetivos. 

O seu varejo merece o melhor, conte com a empresa líder pelo 5º ano consecutivo em cloud computing. Fale com um especialista agora e invista na digitalização do seu varejo!

Quero falar com a Dedalus

Posts mais lidos

Como minimizar a pegada de carbono em operações de TI

Explore como reduzir a pegada de carbono em operações de TI com práticas sustentáveis em cloud e eficiência energética. Saiba mais agora! A crescente digitalização das empresas trouxe consigo um desafio ambiental significativo: a pegada de carbono em operações de TI. Em uma era onde a eficiência operacional e a responsabilidade ambiental se entrelaçam, entender […]

Como alcançar a sustentabilidade corporativa com a nuvem?

Entenda como tomar decisões tecnológicas para contribuir para a sustentabilidade corporativa e como alcançar a ecoeficiência em nuvem. A sustentabilidade corporativa tornou-se um tema central no ambiente de negócios atual, refletindo uma mudança significativa na maneira como as empresas abordam seu impacto no mundo.  Esta mudança não é apenas uma resposta às crescentes demandas por […]

Dedalus é Rising Star no ISG Provider Lens™ 2023

Dedalus é Rising Star: descubra como em pouco tempo a Dedalus se destacou no estudo Oracle Cloud and Technology Ecosystem feito pelo ISG Provider Lens™ 2023. Os serviços Oracle Cloud desempenham um papel crucial no mercado de tecnologia, impulsionando as operações de negócios e a inovação tecnológica em diversas indústrias.  É neste contexto que o […]

Assine a Newsletter