Migração de aplicações para containers

Descubra os benefícios da migração de aplicações para containers e ganhe eficiência em sua estratégia de nuvem. Saiba mais aqui.

No mundo em constante evolução da tecnologia, as empresas estão a todo momento buscando maneiras de otimizar seus processos, aumentar a eficiência e adaptar-se rapidamente às mudanças do mercado. 

Nesse contexto, a migração de aplicações para containers surge como uma estratégia altamente eficaz e cada vez mais popular. 

Ao fazer a conteinerização de aplicações, as empresas podem experimentar uma série de benefícios, desde a escalabilidade e a flexibilidade até a segurança e a confiabilidade.

Continue a leitura para entender os benefícios da migração de aplicações para containers!

Nova call to action

O que são containers?

Antes de entrarmos nos detalhes da migração de aplicações para containers, é importante entender o conceito de containers e o que significa conteinerização de aplicações. 

Em termos simples, containers são unidades de software que empacotam o código e todas as suas dependências, permitindo que as aplicações sejam executadas de forma isolada e consistente em qualquer ambiente. 

Isso significa que você pode executar sua aplicação em qualquer plataforma ou sistema operacional sem se preocupar com a compatibilidade ou a instalação de componentes adicionais.

Os containers são diferentes das máquinas virtuais (VMs), que simulam um sistema operacional completo dentro de outro. Eles compartilham o mesmo kernel do sistema operacional host, mas possuem seu próprio espaço de usuário, o que reduz o consumo de recursos e aumenta a performance.

Leia também: Vantagens da modernização de aplicativos para a educação

Benefícios da migração de aplicações para containers

benefícios de migrar aplicações para containers

Agora que compreendemos o que são containers, vamos explorar os benefícios da migração de aplicações para essa tecnologia. 

Portabilidade

Ao fazer a migração de aplicações para containers, essas aplicações se tornam independentes do ambiente em que são executadas. Ou seja, os containers podem ser facilmente movidos entre diferentes infraestruturas, sejam elas locais ou em nuvem. 

Essa portabilidade permite que as empresas executem suas aplicações em mais de uma nuvem de acordo com suas necessidades. Assim, podem aproveitar os recursos e serviços oferecidos por cada provedor.

Escalabilidade

A conteinerização de aplicações fornece uma abordagem escalável para a sua execução. Com a migração de aplicações para containers, as empresas podem dimensionar suas aplicações de forma rápida e eficiente, tanto verticalmente quanto horizontalmente. 

A escalabilidade vertical envolve aumentar os recursos disponíveis para um único container, permitindo que ele lide com cargas de trabalho mais intensivas. A escalabilidade horizontal, por sua vez, envolve criar réplicas de containers a fim de lidar com um aumento na demanda. 

Essa flexibilidade de escalabilidade garante que as aplicações possam se ajustar de forma dinâmica às demandas do negócio, resultando em um desempenho consistente e eficiente.

Leia também: AWS Auto Scaling: Otimizando desempenho e custos

Eficiência de recursos

Como os containers compartilham o mesmo sistema operacional do host, há uma melhor gestão de recursos em comparação com a execução de várias máquinas virtuais separadas. 

Além disso, os containers são leves e têm tempos de inicialização rápidos, o que permite uma alocação de recursos mais precisa e uma utilização mais eficiente da capacidade do servidor.

Facilidade de implantação e gerenciamento 

Os containers fornecem um ambiente isolado e consistente para as aplicações serem executadas. Isso implica em eliminar as preocupações com dependências e configurações específicas do ambiente. 

Além disso, com ferramentas de orquestração como o Kubernetes, o gerenciamento de containers em um ambiente de produção se torna muito mais fácil e automatizado. 

O Kubernetes permite a automação de tarefas, como provisionamento, dimensionamento e monitoramento de containers, simplificando significativamente a vida dos administradores de sistemas.

Reprodutibilidade e facilidade de colaboração

Os containers encapsulam todos os componentes necessários para a execução de uma aplicação, incluindo o código, as bibliotecas e as dependências. Isso garante a reprodutibilidade do ambiente de execução e facilita a colaboração entre desenvolvedores. 

Com containers, os desenvolvedores podem compartilhar seus ambientes de forma consistente e replicável, o que simplifica a colaboração e ajuda a evitar problemas de incompatibilidade.

Segurança e confiabilidade

Os containers isolam as aplicações umas das outras, reduzindo o risco de vazamento de dados e ataques direcionados. Além disso, as imagens dos containers podem ser verificadas e validadas, garantindo que apenas aplicações confiáveis sejam implantadas. 

Com a padronização e o controle rigoroso do ambiente de execução, os containers oferecem maior estabilidade e confiabilidade para as aplicações, reduzindo a ocorrência de falhas e interrupções.

Leia também: 5 segredos para migrar para nuvem com segurança

Orquestração de containers com Kubernetes

Mas como gerenciar os containers? É aí que a orquestração de containers entra em cena. 

O Kubernetes é um sistema de código aberto de orquestração de containers que ajuda a gerenciar aplicações em containers e automatiza tarefas como o provisionamento, escalabilidade e monitoramento da rede de containers. 

Com ele, as empresas podem definir aplicações como um conjunto de objetos declarativos, chamados recursos, que especificam o estado da aplicação. Por exemplo, você pode definir quantos réplicas de um container você quer executar, quais portas ele deve expor ou quais volumes ele deve montar.

Desse modo, é possível implantar e gerenciar aplicações em containers de forma eficiente, garantindo alta disponibilidade e resiliência.

Leia também: Gestão de ambientes cloud: Por que considerar o serviço?

Faça a migração de aplicações em containers com a Dedalus

Para realizar a conteinerização de aplicações de forma eficiente e segura, contar com um parceiro especializado é fundamental. E a Dedalus é a sua melhor escolha!

Com uma equipe altamente qualificada e ferramentas avançadas, ao contar com a Dedalus sua empresa estará preparada para aproveitar todos os benefícios da migração de aplicações para containers. Fale com um especialista para entender todas as possibilidades!

Gestão da nuvem é com a Dedalus!

Posts mais lidos

Como minimizar a pegada de carbono em operações de TI

Explore como reduzir a pegada de carbono em operações de TI com práticas sustentáveis em cloud e eficiência energética. Saiba mais agora! A crescente digitalização das empresas trouxe consigo um desafio ambiental significativo: a pegada de carbono em operações de TI. Em uma era onde a eficiência operacional e a responsabilidade ambiental se entrelaçam, entender […]

Como alcançar a sustentabilidade corporativa com a nuvem?

Entenda como tomar decisões tecnológicas para contribuir para a sustentabilidade corporativa e como alcançar a ecoeficiência em nuvem. A sustentabilidade corporativa tornou-se um tema central no ambiente de negócios atual, refletindo uma mudança significativa na maneira como as empresas abordam seu impacto no mundo.  Esta mudança não é apenas uma resposta às crescentes demandas por […]

Dedalus é Rising Star no ISG Provider Lens™ 2023

Dedalus é Rising Star: descubra como em pouco tempo a Dedalus se destacou no estudo Oracle Cloud and Technology Ecosystem feito pelo ISG Provider Lens™ 2023. Os serviços Oracle Cloud desempenham um papel crucial no mercado de tecnologia, impulsionando as operações de negócios e a inovação tecnológica em diversas indústrias.  É neste contexto que o […]

Assine a Newsletter