Profissionais de TI: É hora de resgatar a confiança rumo à nuvem

*Por Maurício Fernandes

Anos atrás, eu vi uma apresentação do Gartner que mostrava existir quatro vezes mais aplicações em Cloud nas empresas do que o CIO conhecia. O número era muito alto e significava que a área de TI, em geral, não era considerada nessa estratégia.

Mas recentemente a coisa piorou muito. Um estudo da Blue Coat sugere que há 20 vezes mais aplicações em Cloud nas empresas do que nós de TI sabemos. Este número é chocante e mostra que estamos perdendo a liderança nessa importante mudança tecnológica.
Mais do que defender uma classe profissional, meu alerta é para o bom senso em se utilizar uma tecnologia importante sem o devido entendimento das implicações.

O estudo mostra claramente: não há rigor algum, por exemplo, para a segurança da informação. Cerca de 98% dessas aplicações não seguem padrões de segurança adequados. O uso determinado pelas áreas de negócios leva para cloud dados e informações confidenciais, extremamente vulneráveis, para um mundo onde as tentativas de invasão acontecem a cada milissegundo. 

A confiança das áreas de negócio em nuvem se opõe ao rigor e medo que muitos profissionais de TI têm pelo tema. De um lado, temos gente usando aplicações sem segurança. Do outro, pessoas que detém o conhecimento técnico, mas com muito receio em mudar.

Na Dedalus somos muitas vezes abordados pelas áreas de negócio de empresas que querem ir para Cloud e não alinharam o plano com o seu departamento de TI. Tenho a sensação de que essas pessoas que nos procuram estão decepcionadas e veem a equipe de TI como um atravancador dos seus planos, ao colocar empecilhos e, muitas vezes, impedir o emprego dessas novas tecnologias.

É nosso papel avaliar com responsabilidade cada projeto. Muito do que chamam de Cloud e SaaS (Software como Serviços) por aí, realmente, é mal construído e deveria ser desaprovado. Mas estamos provocando um afastamento de nossa área com o restante da empresa, por não conseguir trazer para nós a responsabilidade e liderança necessárias para realmente dar uma contribuição maior, que é a transformação digital.

Recomendo atenção total. Cloud é a expressão de tudo o que sonhamos, desejamos e trabalhamos em nossas carreiras de TI. Finalmente, temos a possibilidade real de entregar a tecnologia de informação de uma maneira aderente ao que as empresas precisam e que nossos times sempre desejaram. É o momento de resgatar a confiança de nossos pares e reverter este quadro.

Para isso recomendo o óbvio: vamos conversar. Prove que a caricatura corrente de que o profissional de TI só entende de bits e bytes não corresponde à verdade. Mostre que somos nós que podemos conectar tecnologia, processos, gente e visão, da maneira certa. Reconquistem a confiança.

Sempre sugiro que estes processos precisam começar pequenos e com um roteiro bem definido de transformação. Busque vitórias rápidas e as divulgue, pois elas servem para legitimar o caminho. Procure se envolver nos projetos em andamento de maneira positiva. Escolha o consenso e traga novas ideias, mas não perca o foco no negócio. Transmita a confiança de quem realmente entende sem ser demasiado técnico. Lembre-se da figura do médico de família, aquele experiente profissional que está sempre próximo ao paciente, transmite com sua confiança e sorriso a autoridade para receitar os remédios mais amargos.

Estamos diante de momentos decisivos de nosso papel corporativo. É hora de seguir adiante e dar um passo para o futuro. É fundamental saber conciliar bom senso e conhecimento com flexibilidade e integração a outras áreas do negócio e, assim, dar a contribuição maior para nossas empresas, carreiras e times.

*Maurício Fernandes, presidente da Dedalus Prime

Posts mais lidos

Microsoft Viva Insights: como melhorar sua gestão pessoal?

O Microsoft Viva Insights fornece, basicamente, algumas informações pessoais sobre dois fatores de extrema importância na gestão pessoal: o seu tempo e a sua produtividade. Ou seja, ele ajuda as pessoas a entenderem como gastam seu tempo e com que o gastam. Com ele, você pode ver – e gerenciar – como gastou seu tempo […]

Gestão de equipes: ajude o seu time a prosperar com o Microsoft Viva

Você já ouviu falar no Microsoft Viva para Gestão de Equipes? Para aqueles que ainda não conhecem, o Viva é uma plataforma de gestão de equipes e experiência de colaboradores, baseado na Microsoft 365 e usado no Microsoft Teams. Além disso, ele reúne comunicações, conhecimentos, aprendizados, recursos e insights para otimizar o fluxo de trabalho. […]

Segurança de dados e mercado de e-Learning: qual a relação?

Com o distanciamento social causado pela pandemia do coronavírus, as edtechs e o mercado de e-Learning, como um todo, tiveram um crescimento acelerado, sobretudo nos dois últimos anos. Mas, a boa notícia é que essa tendência de educação à distância deve continuar em alta, em ambos os segmentos, mesmo agora no pós-pandemia. Pelo menos, é […]

Assine a Newsletter