Segurança de dados: a nuvem na proteção contra ameaças virtuais

Reforce a segurança de dados da sua empresa com a nuvem. Descubra como a tecnologia pode ajudar a manter seus dados seguros contra ameaças cibernéticas.

A segurança de dados é uma preocupação constante das empresas em todo o mundo, principalmente com o aumento significativo de ameaças virtuais nos últimos anos. 

Entretanto, muitas organizações têm encontrado uma alternativa eficaz para proteger seus dados e informações sensíveis: o cloud computing.

Com uma gestão cloud eficiente, é possível tornar o armazenamento de dados mais seguro, já que essa gestão torna possível descobrir praticamente em tempo real vulnerabilidades que podem ameaçar a segurança de dados.

Além disso, a utilização de recursos de segurança em cloud computing pode fornecer monitoramento constante de ameaças cibernéticas, permitindo que as empresas detectem e resolvam rapidamente qualquer problema de segurança.

Neste artigo, vamos te explicar quais são as principais ameaças virtuais, suas consequências e como os recursos disponíveis na nuvem podem ajudar as empresas a manterem seus dados seguros.

E-book Serviços Gerenciados em Cloud - Horizontal

Conheça os principais tipos de ameaças virtuais

O setor financeiro, e-commerces e empresas digitais, por exemplo, estão mais suscetíveis a certos tipos de ameaças cibernéticas devido ao grande volume de transações financeiras e armazenamento de informações confidenciais em seus sistemas. 

Leia também: Digitalização do varejo: o futuro do setor está na nuvem

Abaixo estão alguns exemplos dos principais tipos de ameaças cibernéticas que essas empresas enfrentam.

Violação de dados e acesso não autorizado

A violação de dados e o acesso não autorizado são tipos diferentes de ameaças, mas estão geralmente relacionados.

O primeiro refere-se a quando um invasor consegue acessar informações confidenciais sem autorização e burlar a segurança de dados. 

Isso pode ser alcançado por meio de várias técnicas, como explorando vulnerabilidades em sistemas e aplicativos, usando engenharia social para enganar usuários legítimos, interceptando comunicações de rede, entre outras. 

O objetivo principal de um invasor em uma violação de dados é geralmente roubar informações confidenciais, como informações de identificação pessoal (PII), informações financeiras, dados de propriedade intelectual e outras informações valiosas.

Por outro lado, o acesso não autorizado refere-se a uma tentativa ou ação de um invasor para acessar sistemas ou informações sem autorização. Ele utiliza técnicas como exploração de vulnerabilidade de segurança em sistemas ou aplicativos e técnicas de phishing para obter informações de autenticação de usuários legítimos, por exemplo.

Neste cenário, o objetivo do invasor pode variar, desde a obtenção de informações confidenciais até o comprometimento de sistemas e dados da empresa.

Leia também: Como a inteligência de dados pode te ajudar na gestão de custos

Ataques de negação de serviço (DoS) e distribuídos (DDoS)

Os ataques DoS e DDoS são ameaças virtuais que visam interromper ou sobrecarregar os sistemas ou serviços de uma empresa, tornando-os inacessíveis aos usuários legítimos. 

Os ataques DoS geralmente são realizados por um único dispositivo, enquanto os ataques DDoS são realizados por vários dispositivos em uma rede distribuída. Esses ataques podem ser realizados por meio de tráfego excessivo de rede, exploração de vulnerabilidades de segurança ou malware. 

Malware

Malware é um tipo de software malicioso projetado para danificar, controlar ou roubar informações de um sistema ou dispositivo. Os tipos de malware incluem vírus, worms, trojans e ransomware. 

O malware pode ser instalado em um sistema por meio de e-mails fraudulentos, downloads de software malicioso ou exploração de vulnerabilidades de segurança. Os efeitos do malware podem variar de danos ao sistema, roubo de informações confidenciais, criptografia de arquivos ou controle remoto do sistema.

Ataques de injeção de código

Os ataques de injeção de código acontecem quando os invasores exploram vulnerabilidades de segurança em aplicativos da web para inserir código malicioso nos sistemas. 

Isso pode permitir que os invasores roubem informações confidenciais, danifiquem sistemas ou instalem malware. Os ataques de injeção de código podem ser realizados por meio de formulários da web, solicitações HTTP ou cookies maliciosos. 

Ataques de engenharia social

Os ataques de engenharia social são ameaças virtuais que exploram a confiança ou a curiosidade das pessoas para obter acesso a informações confidenciais. 

Isso pode incluir o phishing, um método no qual os invasores enviam e-mails fraudulentos ou mensagens de texto para enganar os usuários a revelar informações pessoais ou financeiras. Outros métodos de engenharia social incluem pretexting, baiting e quid pro quo. 

Os ataques de engenharia social podem ser difíceis de detectar, pois muitas vezes se disfarçam como mensagens legítimas ou pedidos de ajuda. 

As consequências da falta de segurança de dados

proteção contra ameaças virtuais

Ainda usando organizações do setor financeiro, e-commerces e empresas digitais como exemplos, a segurança de dados é uma preocupação crítica e muito válida. Essas organizações lidam com um grande volume de informações confidenciais, incluindo dados financeiros e pessoais dos clientes, que precisam ser protegidos contra ameaças virtuais. 

Para garantir a segurança de dados, as empresas devem adotar recursos de segurança robustos e eficazes. Do contrário, a falta de segurança abre portas para que invasores explorem vulnerabilidades, o que pode levar a uma série de consequências negativas para essas empresas, como:

  • Roubo de informações confidenciais, como informações de cartão de crédito e senhas;
  • Prejuízos financeiros significativos decorrentes do roubo de informações confidenciais, além de custos associados à recuperação de sistemas e processos afetados;
  • Interrupção do serviço, afetando a capacidade das empresas de atender seus clientes e gerando perda de receita;
  • A falta de segurança de dados pode levar a processos judiciais e multas por violações de privacidade ou outras questões legais;
  • Perda de confiança do cliente, uma vez que a exposição pública de vulnerabilidades de segurança pode afetar negativamente a confiança dos clientes e a reputação da empresa;
  • Perda de vantagem competitiva no mercado, devido à perda de credibilidade e à falta de recursos de segurança robustos.

Leia também: Gestão de produtos financeiros e serviços gerenciados de dados: qual a relação?

Como o cloud computing ajuda na segurança de dados

O cloud computing tem sido uma solução cada vez mais utilizada por empresas de diversos setores, especialmente para armazenar e gerenciar dados. E um dos motivos para esse crescimento é a segurança que a tecnologia oferece para os dados das empresas.

Uma das principais formas em que o cloud computing ajuda na segurança de dados é através da disponibilidade de recursos de última geração, que muitas vezes são mais sofisticados do que os recursos de segurança internos das empresas.

Isso ocorre porque os provedores de nuvem têm como objetivo garantir a segurança dos dados que são armazenados em seus servidores, já que qualquer falha de segurança pode afetar sua reputação e credibilidade no mercado.

Leia também: Desvendando 6 mitos sobre a migração para a nuvem

Além disso, os provedores de nuvem costumam contar com módulos, serviços e equipes dedicadas à segurança de dados. Isso garante uma constante atualização e monitoramento de todos os sistemas. Assim, estão prontos para agir imediatamente em caso de qualquer suspeita de violação de segurança.

Outro aspecto importante é a grande gama de recursos de segurança oferecidos pela tecnologia. Isso inclui desde firewalls e sistemas de detecção de intrusos até serviços de criptografia de dados e autenticação de dois fatores.

Outra forma em que o cloud computing ajuda na segurança é através do maior controle de acesso aos dados. 

As empresas podem definir diferentes níveis de acesso aos dados de acordo com o cargo ou função de cada colaborador. Além disso, caso ocorra desligamento ou mudança de função de um colaborador, pode-se facilmente revogar ou limitar o acesso. 

Leia também: Microsoft Entra: Acessos e identidade seguros em uma plataforma multinuvem

Conte com a Dedalus!

A Dedalus tem um papel fundamental na segurança de dados de seus clientes. Isso porque oferecemos recursos e soluções que permitem que as empresas armazenem, gerenciem e protejam seus dados de forma mais eficiente e segura na nuvem. 

Contamos com recursos e equipes de segurança dedicadas que monitoram constantemente os sistemas e aplicativos dos clientes em busca de possíveis ameaças. Para isso, usa-se ferramentas e técnicas avançadas de detecção de ameaças para identificar e mitigar riscos à segurança dos dados dos clientes.

Leia também: Por que a Dedalus é fundamental para sua jornada na nuvem?

Também oferecemos Serviços Gerenciados de Dados, que oferece uma gestão contínua de ambientes de dados, garantindo a máxima eficiência, segurança e disponibilidade das informações.

Ao contar com esse serviço, a sua organização terá um ambiente de alta performance e a administração de dados mais eficiente, fortalecimento dos processos, melhorias contínuas e muitos outros benefícios para mais agilidade nas tomadas de decisões e, consequentemente, possibilidade de crescimento.

Quer saber mais sobre como a Dedalus apoia a segurança de dados da sua empresa? Fale com um especialista e conheça nossas soluções!

Quero falar com a Dedalus

Posts mais lidos

Cloud compliance: transparência no tratamento de dados em nuvem

Com o aumento da segurança na Nuvem, as regras de conformidade regulatória tiveram que evoluir. Agora, plataformas e serviços de Cloud Computing precisam seguir padrões rígidos e leis de segurança, ou enfrentar contestações legais e penalidades. Dessa forma, investir em medidas avançadas de Cloud Compliance não é mais um diferencial competitivo, mas uma estratégia crucial […]

Conectando o futuro: IA generativa e cloud computing

A combinação entre IA generativa e cloud computing está abrindo novas possibilidades de inovação e eficiência nas operações das empresas, ao mesmo tempo que permite a criação de experiências mais personalizadas para os clientes. Neste artigo, exploramos como a integração da IA generativa na nuvem pode revolucionar o ambiente empresarial e tornar as tomadas de […]

O que esperar do futuro da computação em nuvem e como se preparar

O futuro da computação em nuvem promete trazer uma série de benefícios para as empresas, mas também traz consigo desafios únicos. Ao adotar uma abordagem proativa e se preparar adequadamente, é possível se posicionar para aproveitar ao máximo as oportunidades que essas mudanças trarão. A seguir, conheça as principais tecnologias emergentes e saiba como garantir […]

Assine a Newsletter